Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

I Like 2 Eat

I Like 2 Eat

01
Nov20

Panquecas de Abóbora e Batata Doce

Temporada da Abóbora I

CS

123335289_680606579500275_396790864744893396_n.jpg

A abóbora é uma presença constante cá em casa.

As preferidas são a Abóbora Manteiga/Butternut e a Hokkaido, pelo menos uma há sempre em casa.

Este ano como ficámos por casa, só os 3, nem tirei as decorações de Halloween da caixa (e são muitas). Mas esculpimos uma abóbora, com direito a vela e a história de fantasmas.

Em homenagem a esse legume (na verdade é um fruto) vamos ter uma série de receitas, todas com abóbora. 

Começamos a temporada da abóbora com umas deliciosas panquecas de abóbora e batata doce, carregadas de especiarias, com cheirinho a inverno!

A receita é do Blog The Salty Marshmallow e prometiam ser as panquecas de abóbora perfeitas e são mesmo!

Ingredientes:

1 chávena de puré de abóbora e batata doce cozidas (ver notas)

2 chávenas de farinha (ver notas)

3 ovos M (ou 2 L)

40 g de manteiga

1 + 1/2 chávena de leite

1/4 chávena de açúcar amarelo

1 colher de sopa de fermento em pó

1 colher de sobremesa de chá

1 colher de café de noz moscada

1 colher de café de erva doce em pó

1 colher de chá de gengibre em pó

1 colher de chá de extracto de baunilha

1 pitada de sal

Manteiga, Xarope de Ácer e manteiga q.b. para servir

Preparação Bimby

Numa taça, colocar a farinha, o açúcar, o fermento em pó, o sal e as especiarias, misturar bem.

No copo da Bimby, colocar a manteiga e programar 2 min/70ºC/Vel 1.

Adicionar o açúcar, os ovos, a baunilha e o puré de abóbora e triturar 30 seg/Vel 5.

Adicionar o leite e misturar mais 10 seg/Vel 5.

Adicionar a mistura de farinhas e misturar 10 seg/Vel 3.

Colocar numa taça e reservar.

Aquecer uma frigideira anti-aderente em lume médio-baixo e colocar colheradas de massa (cerca de 1/3 de chávena), deixar cozinhar 2 minutos virar e deixar cozinhar mais um minuto. 

Servir as panquecas com um colher de chá de manteiga e regadas com xarope de ácer aquecido.

Preparação Tradicional

Numa taça, colocar a farinha, o açúcar, o fermento em pó, o sal e as especiarias, misturar bem.

Numa taça maior, colocar a manteiga derretida, o açúcar, os ovos, a baunilha, o leite e o puré de abóbora, misturar bem.

Adicionar a mistura de farinhas e misturar, tendo o cuidado de não bater demasiado a massa.

Aquecer uma frigideira anti-aderente em lume médio-baixo e colocar colheradas de massa (cerca de 1/3 de chávena), deixar cozinhar 2 minutos virar e deixar cozinhar mais um minuto. 

Servir as panquecas com um colher de chá de manteiga e regadas com xarope de ácer aquecido.

Notas:

Para esta receita usei uma chávena de farinha de trigo T55, 1/2 chávena de farinha de batata doce e espelta e 1/2 chávena de farinha de aveia integral. Pode usar as combinações que desejar, sendo que obterá resultados, ligeiramente, diferentes.

A receita original era apenas com puré de abóbora, tinha abóbora e batata doce laranja, cozida aos cubos, coloquei uma chávena de mistura das duas. Como utilizei a Bimby não triturei antes.

É importante cozinhar as panquecas em lume baixo, durante pelo menos 3 minutos, para que percam a água em excesso, fiquem cozinhadas e com uma boa textura.

05
Out20

Panquecas de Ricota e Limão

CS

120926761_350179939533094_6331597792264374052_n.jp

Depois de um mês de ausência, eis que voltam as receitinhas.

Desde que comecei a trabalhar, nunca tinha tido um período de férias tão longo, soube-me bem o descanso e está a ser um retomar à rotina lento (e doloroso).

Nas férias cozinho o mínimo, caso contrário deixam de ser férias, já que depois há todo aquele ritual de arrumar cozinha, lavar e limpar louça, já chega durante o resto do ano.

Ontem vi um post, numa rede social, de umas panquecas de ricota que me encheram o olho.

Fui espreitar a receita e era demasiado complicada para um pequeno almoço.

Digo complicada porque bater claras em castelo às 8h da manhã de um feriado não é para mim.

Procurei e encontrei uma que me pareceu mais simples no Blog Jo Cooks, que, já agora, merece uma visita.

No entanto, após terminar a primeira achei que estava demasiado densa e pastosa (para além de estar um pouco crua no meio) e adicionei mais ricota, leite e um pouco de manteiga.

Ingredientes

2 ovos M/L, biológicos

2 chávenas de farinha (usei 25% de farinha de espelta e 75% de trigo) - 320 g

1 colher de sobremesa bem cheia de fermento em pó

1/2 colher de sobremesa de bicarbonato de sódio

1 ou 2 colheres de sopa de xarope de agave

1 pitada de sal

1 colher de chá de extracto de baunilha

1 +1/4 de chávena de leite - 310 ml

1 chávena de ricota - 250 g

1 colher de sopa de manteiga à temperatura ambiente

raspa de meio limão (o meu era grande)

1 colher de sopa de sumo de limão

1 chávena de mirtilos

manteiga e maple syrup (xarope de ácer) para servir q.b.

Preparação Bimby

No copo, com a borboleta colocada, bater os dois ovos durante 2 min/Vel 3,5.

Adicionar a ricota, a manteiga, o sumo de limão, o xarope de agave, a baunilha e o leite e bater mais 30 seg/Vel 3. Retirar a borboleta.

Adicionar a farinha, o fermento, o sal, o bicarbonato, a raspa de limão e misturar 10 seg/Vel 3.

Transferir para uma taça e envolver os mirtilos na massa.

Aquecer uma frigideira ou placa antiaderente em lume médio baixo e colocar uma porção de massa, deixar cozinhar cerca de 3 minutos, virar e deixar cozinhar mais dois minutos. 

Deverá cozinhar bem as panquecas para que fiquem fofinhas e leves e não pastosas.

Aquecer o xarope de ácer. Servir as panquecas com um pouco de manteiga e regadas com o xarope quente, acompanhadas de fruta. 

Preparação Tradicional

Numa taça colocar todos os ingredientes secos, a farinha, o fermento, o sal, o bicarbonato, a raspa de limão, misturar bem.

Numa taça maior, colocar os ovos, a ricota, a manteiga, o sumo de limão, o xarope de agave, a baunilha e o leite e bater com umas varas até ficar uma mistura homogénea.

Adicionar os ingredientes secos e misturar bem, sem bater demasiado.

Por fim, envolver, delicadamente, os mirtilos na massa.

Aquecer uma frigideira ou placa antiaderente em lume médio baixo e colocar uma porção de massa, deixar cozinhar cerca de 3 minutos, virar e deixar cozinhar mais dois minutos. 

Deverá cozinhar bem as panquecas para que fiquem fofinhas e leves e não pastosas.

Aquecer o xarope de ácer. Servir as panquecas com um pouco de manteiga e regadas com o xarope quente, acompanhadas de fruta. 

Notas

Pode utilizar framboesas, amoras. A fruta também pode estar congelada, devendo nesse caso passa-la por água corrente até descongelarem e depois secar a fruta com papel, para não alterar a massa.

A textura da massa será influenciada pela ricota, uma ricota mais líquida necessitará de menos leite. A minha estava bem firme pelo que a massa inicial era demasiado espessa para o meu gosto, adicionei o quarto de chávena que está nos ingredientes e foi suficiente.

120847113_382793659550844_8516260981268219007_n.jp

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Redes Sociais

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub