Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

I Like 2 Eat

I Like 2 Eat

20
Ago20

Macarons

CS

118247040_1442773932594566_6631520984017857181_n.j

Adoro macarons!!

Mas são tão difíceis de encontrar bons, com aquela capa crocante mas o interior macio e elástico.

Achei que não devia ser assim tão difícil, embora todas as receitas tivessem pelo menos 10 regras obrigatórias, caso contrário não iria nunca iria ter macarons.

Quase que desanimei!

 

Mas este post tem o propósito de mostrar que não devemos desistir, ao mesmo tempo que mostro como nem sempre corre tudo bem!

Resolvi procurar receitas e escolhi a de " Macarons Coco-Chocolat Blanc", do Cookidoo Francês, afinal são o país da pâtisserie, com o pequeno Macaron como estrela maior.

Apesar de serem associados à culinária francesa a sua origem é Italiana. Há quem diga, que são ainda mais antigos e que a origem será árabe, mais concretamente Síria.

Para não variar alterei a receita e ainda tive a ousadia de simplificar processos.

A verdade é que a primeira fornada ficou assim.

118311020_615509169147838_6284889266877624001_n.jp

Após alguma pesquisa percebi que o problema não era de ter inventado muito mas do forno estar muito quente.

A segunda fornada, com mais tempo de descanso e com o forno a uma temperatura mais baixa ficou assim.

118192685_427612908181877_3008082932244762524_n.jp

Um bocadinho assimétricos porque achei que conseguia em free-style e porque a minha mistura ficou demasiado líquida. Claramente, não consegui.

Mas consegui a textura e o sabor certos, a estética é só treinar que chego lá.

Ingredientes

150 g de farinha de amêndoa (ver notas)

200 g açúcar em pó

100 g  de clara de ovo envelhecidas (Notas)

Corante gel de cor à escolha

Preparação

Colocar a borboleta e 75 g das claras no copo da Bimby. Programar 12 min/37º/Vel 3.5.

Ao fim de 3 minutos adicionar 50 gramas de açúcar em pó e após mais 4 minutos adicionar mais 50 gramas de açúcar.

Reservar numa taça a mistura de claras batidas.

Sem lavar o copo, colocar o restante açúcar, a farinha de amêndoa e clara de ovo. Titurar 8 seg/Vel 5.

Retirar para uma taça e envolver, aos poucos, as claras batidas, tentando não misturar demasiado para que a mistura não fique demasiado líquida (a minha ficou).

Adicionar o corante, na medida em que quiser a cor mais ou menos intensa.

Com a ajuda de um saco de pasteleiro, formar pequenos círculos de 2 cm de diâmetro, espaçados entre si, numa folha de papel vegetal ou tapete de silicone.

Bater com o tabuleiro na bancada para soltar as bolhas de ar, utilizando um palito para soltar alguma bolha que persista.

Deixar repousar, pelo menos, 30 minutos ou até que ao toque a massa já não cole ao dedo.

Levar ao forno a 150ºC. Aqui o forno vai ditar regras, no meu caso, tive de baixar a temperatura para os 140ºC para conseguir que saíssem bem.

Deixar cozer por 15 minutos. Devem ter uma capa crocante mas ainda mole por dentro, devem também descolar, facilmente, da folha de papel.

Os cor de rosa ficaram feios mas viraram Macarons na mesma!

118282920_640977189859133_7232330248904851799_n.jp

Notas:

1 - Fiz a farinha de amêndoa em casa, apesar de não ser recomendado. Triturei 10 seg/Vel 8, baixei o que ficou nas laterais e soltei a farinha do fundo do copo e triturei mais 5 seg/Vel 8. Peneirei antes de utilizar.

2 - As claras devem ficar, pelo menos, dois dias no frigorífico, dentro de uma caixa hermética. Desta forma ficam mais líquidas e facilita o processo.

 

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Redes Sociais

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub