Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

I Like 2 Eat

I Like 2 Eat

06
Fev22

Cheesecake Basco da Nigella

CS

271874839_387007586611906_2217198583176071582_n.jp

Vi imensas receitas de cheesecakes bascos, tostadinhos mas cremosos, com um aspecto tão decadente que me faziam salivar só de pensar neles.

Todos levavam quantidades monstruosas de queijo creme (algumas mais de 1kg), parecia-me, na altura, um exagero.

Há umas semanas houve um problema com a minha entrega das compras de supermercado. A carrinha de transporte avariou e não me conseguiram fazer a entrega, tendo a mesma sido reagendada para o dia seguinte.

 

Se os congelados foram substituídos, os frescos refrigerados foram duplicados, enviaram os do dia anterior e uns novos, para o caso de não estarem em perfeitas condições.

Tinha encomendado queijo creme para fazer um outro cheesecake e para barrar no pão, pelo que recebi 6 embalagens de queijo creme! Era muito queijo creme!

Acabei de arrumar as compras e enquanto pensava no que fazer com as compras que recebi (recebi o dobro de muita coisa), no desperdício de comida que se avizinhava (não aconteceu), sentei-me no sofá e liguei a televisão.

E o que estava a acontecer? A Nigella Lawson, a rainha da confort food, estava a apresentar a sua versão de cheesecake basco, bem queimadinho, ou não lhe chamasse ela "Basque Burnt Cheesecake".

Ela acompanhou o seu com um molho de alcaçuz, aqueles doces pretos que a mim me sabem a alcatrão. A minha versão foi acompanhada de compota de frutos vermelhos, que podem substituir por outro do Vosso gosto.

Ah! Cortei no açúcar e desenformei frio, deveria ter sido morno, porque fiquei com uma grande parte agarrada ao papel vegetal, por isso tem um ar meio esfarrapado.

271660611_2192043750934620_3166909771375247961_n.j

 

Ingredientes 

600 g de queijo creme

150 g de açúcar

3 ovos L ou 4 M

300 ml de natas ácidas (ver notas)

1 pitada de sal

25 g de amido de milho

Compota de frutos vermelhos (ver notas)

 

Preparação Bimby

Todos os ingredientes devem estar à temperatura ambiente, esta receita não vai resultar da mesma forma com ingredientes acabados de sair do frio.

Preparar uma forma de mola e forrar com papel vegetal. Usei duas folhas cruzadas e, no final, coloquei uma taça para o papel ganhar forma. Não se preocupe por ter pregas, vão ajudar a ter mais pregas de massa tostadinha.

Pré-aquecer o forno a 200ºC, 180ºC com ventilação.

Colocar a borboleta no copo e adicionar o queijo creme e o açúcar. Bater durante 2 min/Vel 3,5 ou até obter uma mistura leve e suave.

Programar mais 2 min/Vel 3 e, pelo bocal da tampa, adicionar os ovos, um de cada vez, e no final as natas ácidas.

Após todos os ingredientes estarem bem envolvidos, adicionar o amido de milho peneirado uma colher de sobremesa de cada vez pelo bocal.

Assim que o amido esteja envolvido, desligar a Bimby, raspar as laterais com ajuda de uma espátula, envolver bem o amido que possa ter ficado no copo, e verter para a forma, previamente, preparada.

Antes de levar ao forno, bata com a forma na bancada umas 5 vezes (como diz a Nigella, isto é terapêutico) para libertar bolhas de ar que possam existir.

Levar ao forno por 50 minutos.

O topo do Cheesecake vai ficar bem tostado, até um pouco queimado mas é mesmo assim.

As laterais vão ter uma cor e um sabor a caramelo que é delicioso.

Deixar arrefecer umas 3 horas antes de servir, à temperatura ambiente. Se fizer esta receita no verão, guarde no frio mas retire do frio uns 30 a 60 minutos antes de servir, para que a textura seja sedosa.

Servir com uma colherada da sua compota preferida e, se quiser uma sobremesa ainda mais indulgente, uma colherada de natas ácidas (ou gelado!).

271723747_4876288285771961_8914699932092956301_n.j

 

Preparação Tradicional

Todos os ingredientes devem estar à temperatura ambiente, esta receita não vai resultar da mesma forma com ingredientes acabados de sair do frio.

Preparar uma forma de mola e forrar com papel vegetal. Usei duas folhas cruzadas e, no final, coloquei uma taça para o papel ganhar forma. Não se preocupe por ter pregas, vão ajudar a ter mais pregas de massa tostadinha.

Pré-aquecer o forno a 200ºC, 180ºC com ventilação.

No copo da batedeira (ou numa taça para uma batedeira manual ou se usar umas varas), colocar o queijo creme e o açúcar, bater durante 2 minutos ou até obter uma mistura leve e suave.

Reduzir a velocidade e continuar a bater, adicionando os ovos, um de cada vez.

Assim que terminar de adicionar os ovos, acrescentar as natas ácidas, aumentar a velocidade e deixar bater mais uns segundos até os todos os ingredientes estarem bem envolvidos.

Por último, reduzir a velocidade da batedeira, adicionar o amido de milho, peneirado, uma colher de sobremesa de cada vez. Deixando bater até acabar de misturar.

Desligar a máquina e, com a ajuda de uma espátula, raspar as laterais e dar misturar tudo mais uma vez.

Verter para a forma, previamente, preparada e bater com a forma na bancada umas 5 vezes (como diz a Nigella, isto é terapêutico) para libertar bolhas de ar que possam existir.

Levar ao forno por 50 minutos.

O topo do Cheesecake vai ficar bem tostado, até um pouco queimado mas é mesmo assim.

As laterais vão ter uma cor e um sabor a caramelo que é delicioso.

Deixar arrefecer umas 3 horas antes de servir, à temperatura ambiente. Se fizer esta receita no verão, guarde no frio mas retire do frio uns 30 a 60 minutos antes de servir, para que a textura seja sedosa.

Servir com uma colherada da sua compota preferida e, se quiser uma sobremesa ainda mais indulgente, uma colherada de natas ácidas (ou gelado!).

271536628_4923039794482632_2628158156183091459_n.j

 

Notas

Se não encontrar natas ácidas à venda, pode utilizar natas frescas. 

Usei compota caseira, que fiz com os frutos vermelhos da encomenda, que chegaram muito amassados. Colocar os frutos vermelhos e metade do peso da fruta de açúcar num tacho e deixar ferver, até começar a ficar espesso. Juntar mais alguma fruta, deixar ferver 5 minutos e deixar arrefecer. Esta última adição de fruta é para que a compota tenha alguma fruta inteira, fica mais bontito e dá alguma textura.

 

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Redes Sociais

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub